sábado, 27 de fevereiro de 2010

Godbye my love




"Representação da Amizade"


Longe vão os tempos mesmo, e quando te digo isto, não estou a brincar, embora penses que sim.
Não gostas de ouvir as verdades. Não gostas de ser confrontada.
O que nos aconteceu? Hun? Não me sabes dizer, não me sabes dar uma explicação?
Corrói cá por dentro. Subitamente sou invandida por um frio devastador.
Não se trata de já não correr atrás, já nem sequer se trata de distância. Já não se trata de nada!
É mágoa. Porque a culpa é tua!
De que me serve ficar triste!? Não vês, não te importa, não te importo. Já não te importo.
Tudo muda miúda. Tu mudaste. Eu mudei.
Dou por mim sem saber nada de ti. E como é possível se estás comigo todos os dias?!
É mágoa. É cansaço. É desinteresse bolas! Ao ponto a que as coisas chegaram.
Tu precisavas de mim. Eu precisava de ti. Tantas vezes mo disseste... Então porque me deixaste ir? Porque é que te permitiste sentir a dor da minha falta?
Não te percebo, mas sinceramente também já nem quero perceber.
Desculpa, mas já desisti há muito tempo. Tal como tu desististe de mim, ainda muito antes de eu me aperceber.


3 comentários:

Adriana Pinto disse...

Minha querida. Quero-te bem.

Kika disse...

Isso é para a minha parceira de aulas?

Anónimo disse...

Eu não fiz nada!